A História da BGAAT

A Instituição Barra do Garças Associação de Atletismo (BGAAT) é uma associação civil, sem fins econômicos, de caráter desportivo, que se rege por um Estatuto e pela legislação específica.


Ela foi fundada em maio de 2004 pelo Professor SIVIRINO SOUZA DOS SANTOS, que foi atleta maratonista da Equipe Pé de Vento, treinado pelo então conceituado Técnico Dr. Henrique Viana entre 1996 a 2004.


Atualmente, o Professor Sivirino Souza dos Santos, técnico da referida Instituição, é referência na descoberta de talentos e formação de atletas para o Atletismo Nacional, com diversos títulos em nível Estadual, Nacional e Internacional.


O fortalecimento da Instituição vem acontecendo na estrutura de base, sendo considerada uma das melhores Equipes na descoberta de talentos para o atletismo, nas provas de fundo e meio fundo, sendo que tem na sua iniciação o carro chefe para inserção de crianças que vivem em situação de risco social e que vê no atletismo uma

possibilidade de mudança de vida e desta forma o Projeto auxilia as crianças na sequência esportiva.


A Associação é considerada como referência no município de Barra do Garças e no Estado de Mato Grosso para trabalhar com crianças indígenas, adolescentes e jovens que vivem em situação de risco social, levando os mesmos para uma mudança de vida considerável, por meio da educação e esporte.


Em 2005 a BGAAT vendo a necessidade de dar sequência no Projeto com os crianças e adolescentes talentosos com futuro promissor no atletismo, que ora se encontravam em situação de risco e q os pais não detinham condições financeiras e capacidades de atendimento para manter o filho no esporte, se sentiu numa o a fundar a Casa do atletismo, que passaria a brigar, em tempo Integral esses meninos/atletas, onde passou a oferecer alimentação adequada, acompanhamento escolar e atendimento médico, que após dez anos da sua fundação podemos destacar a conquista de 46 (quarenta e seis) medalhas de outo, em Competições Nacionais, 23(vinte e três) medalhas de Ouro em Competições Internacionais. Obtivemos recordes nacionais nos Jogos Escolares da Juventude nas categorias A e B em 2005, em 2010, em 2011 e 2013.


Afirmamos ainda que a Casa do Atletismo é fruto do Projeto desenvolvido com crianças carentes do município de Barra do Garças, Distritos e Aldeias Indígenas, que hoje já atende 180 (cento e oitenta crianças e adolescentes), sendo que 32 (trinta e dois) deles residem na Casa do Atletismo, recebendo seis refeições diárias. Atletas estes com talento para a modalidade atletismo, mas desprovidos de recursos financeiros e afetivos para dar sequência na carreira esportiva. E, se não fosse esse local, os mesmo estariam à mercê dos riscos sociais.


A nossa organização tem como objetivos principais:

 Contribuir para com o processo de inclusão social e a redução do tempo de exposição dos participantes (crianças e adolescentes) às situações de risco social;

 Trabalhar com as crianças e adolescentes no contra turno da escola, com atividades esportivas que norteiam os princípios do Esporte Educacional (totalidade, coeducação, emancipação, participação, cooperação e regionalismo);

 Elevar a auto-estima, tendo em vista a difícil vida social dos participantes;

 Despertar o gosto pelas atividades esportivas;

 Participar de competições oficiais ou não a nível municipal, regional, estadual, nacional e internacional;


A nossa linha de atendimento é direcionada aos Direitos da Criança e do Adolescente, usando assim o esporte em sua mais nobre função que é ajudar no crescimento pessoal.


A Associação tem como missão promover o Atletismo, como meio de inclusão social, buscando descobrir talentos, melhorar o nível técnico dos participantes carentes do nosso Município, Estado e País, com especial atenção às comunidades indígenas, tendo em vista a grande quantidade na nossa região.


A nossa visão de futuro é ser uma Associação referencial com estrutura sólida, com vencedores no esporte e na vida.


Temos como parceiros a UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso), Faculdade Cathedral, UNIVAR (Faculdades Unidas do Vale do Araguaia), Corpo de Bombeiro, UNIMED Araguaia, a Associação de Moradores de Bairros do Jardim Piracema, a Escola Comunitária de Educação Básica “INTERATIVA” (COOPEMA), Prefeitura Municipal de Barra do Garças-MT e Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.


Ainda não temos patrocinadores oficiais. Contamos apenas com voluntários e com o salário de Professor do Professor Sivirino Souza dos Santos.


Temos, ainda, outra casa alugada onde residem atletas femininas e, se não fosse esse local em consonância com o esporte, elas também estariam expostas aos riscos sociais.


A sede, denominada Casa do Atletismo foi inaugurada no dia 25 de junho/2014 (conforme fotos anexas) e conta com o seguinte espaço físico: Pista de Atletismo Oficial (com iluminação), campo de futebol oficial, alojamento para 32 (trinta e dois) atletas, refeitório para 60 (sessenta) atletas, sala de musculação, sala para estudos, vestiários, banheiro público e privado.


Em princípio, a Associação vinha trabalhando apenas com a modalidade Atletismo, porém, com o novo espaço físico, com as várias reivindicações da comunidade local, para oportunizar o acesso a outras modalidades esportivas e pela possibilidade de Patrocínio, poderemos ampliar os horizontes oferecendo outras modalidades esportivas para a nossa comunidade.


A associação, vem se fortalecendo eficazmente na sua estrutura de base, sendo considerada uma das melhores Equipes de treinamento de iniciação para crianças, crianças indígenas, jovens e adultos atletas do Mato Grosso.

Assim o BGAAT, tem alcançado excelentes resultados em competições nacionais e internacionais. Nos últimos anos, muitos dos atletas barra-garcenses conquistaram posições de destaque em importantes provas e lideraram rankings nacionais de algumas categorias do atletismo.

Como surgiu o Atletismo

As escolas começaram a organizar competições, das quais as primeiras tiveram lugar em Exeter College, Oxford, em 1850. Os primeiros Jogos Olímpicos modernos tiveram lugar em 1896 e o atletismo foi o elemento-chave do jogo, com a concorrência a ser dividida em pista e eventos de campo. Em 1928 mais progressões foram feitas quando as mulheres foram autorizadas a participar em competições de atletismo.


A Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF – International Association of Athletics Federations) foi criada em 1912, e desenvolveu uma série de normas internacionais, assim como as regras, as competições e os regulamentados desde então. Hoje, existem inúmeras modalidades que combinadas formam o atletismo. Na competição, a maioria destes eventos é realizada em uma pista de 400m.


Na antiga Grécia, o atletismo foi a única competição a ser realizada nos primeiros Jogos Olímpicos que tiveram lugar em Atenas em 776 AC. O evento atlético era conhecido como o “stade”, uma corrida que cobria o comprimento do ateniense Estádio Olímpico.


Os Jogos Olímpicos continuaram a ter lugar em Atenas a cada quatro anos, com todas as guerras suspensas durante o período dos jogos. Ao longo do tempo, vários eventos foram adicionados aos antigos jogos, como corridas, lançamento de disco, dardo, salto e luta. Os jogos romanos também foram incorporados a uma forma de atletismo, embora os acontecimentos favorecidos pelos romanos fossem as corridas de carruagem, luta e o mais significativo: combater gladiadores.


O atletismo se tornou mais diversificado durante a Idade Média, quando os filhos dos nobres eram treinados para correr, saltar e lutar, promovendo muitas vezes concursos entre nobres rivais. No século XIX, os eventos modernos que são familiares com o atletismo de hoje começaram a surgir, como parte de um programa oficial de educação física nas escolas.